Rss Feed
  1. [Filme] A última casa da Rua

    quarta-feira, 25 de março de 2015



    Título Original: House at the end of the street
    Diretor: Mark Tonderai
    Elenco: Jennifer Lawrence, Max Thieriot
    Lançamento: 2012
    Duração: 1h41min
    Gênero: Terror, Suspense
    Corações: ♥ ♥ ♥ 

    Resumo: Dispostas a conquistar uma nova vida, a jovem Elissa (Jennifer Lawrence) e sua mãe Sarah (Elisabeth Shue), que se separou recentemente, se mudam para uma grande casa em uma nova cidade. O negócio só foi possível porque o imóvel vizinho ao delas foi palco de um duplo assassinato e assim o aluguel ficou mais baixo. Mas tudo na vida tem um preço e quando Elissa começa a se relacionar com Ryan (Max Thieriot), o único sobrevivente da família assassinada, as coisas começam a mudar radicalmente, trazendo à tona problemas entre mãe e filha, além de conflitos com os vizinhos da região, que acabam envolvendo também a polícia local.
     Fonte: Adoro Cinema

    Minha opinião: Não é aquele filme que te dá medo, até porque, o que reina é o suspense, bem cativante, porém não fui muito fã do final. Eu esperava mais e acreditava que o "vilão" não fosse de fato um vilão. É uma das poucas interpretações da Lawrence que eu gosto, e nesse pelo menos ela foi muito bem. E eu nem sabia que ela cantava e muito bem ainda, eu gosto de assistir com minha irmã de vez em quando, quando não tem nenhum que gostamos de assistir na sexta. Eu recomendo, é um bom filme.



    Thank you!
    Reações: 
    |
    | |


  2. 9 on 9 (Março 2015)

    terça-feira, 10 de março de 2015

    O 9 on 9 desse mês tem como tema "Animais", e por isso tentei mostrar um pouco dos animais que habitam minha vida, cada um com sua importância, com significado e amor ♥

    E esse será o último 9 on 9, pois saiu uma blogueira do projeto. Então o próximo será postado dia 8 e será 8 on 8 agora :)


    Miss


    Elvis


    Beaaaauty

    Best friend


    Esmaga Billy


    :3


    Day 130 - Silence dog


    Robinho ♡


    Choquito ♡


    1. Sei que essa foto é antiga, mas eu mesma a tirei, e toda vez que me pego olhando pra ela não consigo deixar de querer que ele volte. Eu sinto muita falta dele!
    2. Elvis the cat, mesmo ser da primeira foto, eu queria que ele ainda estivesse vivo, mas tudo bem!
    3. Esse é o Ben, meu melhor amigo de 4 patas, minha vidinha ♥
    4. Ele é lindo só de se olhar, mesmo destruindo tudo, a dancinha que ele faz deixa tudo tão insignificante *-*
    5. Eu dando uma de felícia com o Billy! (foto: Val)
    6. O Billy é o cachorro da minha chefe, então fico com ele o dia todo, é um ser muito interessante e pidão!
    7. O Rock é do dono da onde eu trabalho e esse dog é uma figura, ele parece gente, e é muito do carente :)
    8. Robinhoooo, é um cachorro do Bruno, ele é fofo, mas muito fofo, parece uma bola de pelo gigante :D (Foto: Bruno)
    9. E por fim o Choquito que também é do Bu, todo lindo *-*
    (Foto: Bruno)

    Pois bem, essas foram as minhas. Confiram as fotos do pessoal:
                                         LuLariFerCarol, NicolasMib, Thais e Vanessa
    Thank You!
    Reações: 
    |
    | |


  3. Leve-me para Wonderland

    terça-feira, 3 de março de 2015


    “Alice: How long is forever?
    Foto: Nicoly Boaventura

    Já sentiu aquela sensação de que você nasceu no lugar errado? Que por algum motivo Deus escorregou na banana antes de te jogar no globo e por acidente você caiu no Brasil? Bom, é o que eu sinto e penso na maioria das vezes, esse lance de ser patriota aqui é muito complicado sabe, se fosse só pelas belezas e naturezas que aqui existem tudo seria simples. Eu amaria viver aqui, o Brasil é enorme e cheio de cultura boa, cheio de belezas naturais e não naturais... Mas de que adianta tudo isso quando os valores e pessoas que neste mesmo país habitam estão invertidos? Onde o poder e a ganância são campeões, onde todo mundo vê e sabe, e esfregam na nossa cara todo tipo de coisa ruim e corrupção e ainda assim tudo continua do mesmo jeito. Eu honestamente não entendo muito de política, essa coisa toda de direita e esquerda confunde meus pés, e esse nem é o foco do post, mas ela é uma das coisas que mais me envergonha em ser brasileira.

    Eu amo a Língua Portuguesa, sou apaixonada por seus autores e nunca poderei negar que Machado e Clarice foram meus principais motivos para me tornar uma escritora, jamais negarei de onde vim e a cultura pela qual fui imposta. Mas de toda extensão de cultura que esse gigante oferece só o que me encanta são as estórias de tais autores e alguns mais, o Bumba meu Boi e o conto da Vitória Régia. O Folclore em si me encanta muito, a música tão calma de acalentar num dia chuvoso ou coisa assim... Porém além disso, nada mais me agrada.

    Moro no estado de São Paulo e nunca saí daqui, não gosto do trânsito demasiado, odeio os trens atrasados, quando não somos obrigados a andar nos trilhos por falha, sempre tem falha, sempre! Chega a irritar, quem sai pra trabalhar nunca sabe se vai voltar, vivo, ou morto, não sabe. Não gosto de calor e ultimamente tá o maior calorão, não suporto o carnaval, ele já perdeu a essência dele há tempos. Você pode pensar que estou sendo radical, mas não estou, é o mais sincero e verdadeiro que consigo ser. Só que os problemas estão além das paredes de São Paulo, até porque se fosse só isso, era só mudar de Estado, não é mesmo?

    O País em que vivo é cercado de pobreza e desleixo, os governantes e demais pessoas que tem um certo "poder" sobre as coisas, abusam e somente usam tais privilégios para seu próprio benefício. Enquanto muitos estados do país estão sem água e as vezes sem energia tendo a mesma com a conta 3x mais cara (eu sei, porque eu pago conta de luz), agora me diz se isso se aplica também a essas pessoas ? Bom, eu duvido! Eles estão mais preocupados em roubar dinheiro e nos colocar pra pagar a conta, do que procurar soluções para os problemas do país.

    São fatos como esse e tantos outros, se eu fosse falar de tudo daria uma série de post (o que até não seria má ideia). Enfim, o que quero dizer com tudo isso é que não sou patriota, pode ser que um dia quando eu nem sabia o que era isso direito eu até fosse, mas hoje, completamente consciente de toda palhaçada que ronda meu querido Brasil, eu de fato não sou. 

    Quando houver alguma oportunidade de sair do Brasil, que seja por uma semana, doze dias ou um mês eu serei feliz, ver o quase que pouco verde que ainda resta do gigante lá do céu vai ser uma realização. Você pode pensar que eu sou reclamona e que é fácil só falar e falar e nada fazer, mas eu faço a minha parte dentro do que me cabe, porém uma andorinha não faz verão e quando o povo tenta fazer algo mais ousado é entregue a balas e cassetetes! Chega uma hora que cansa, e eu cansei daqui. Infelizmente.

    let me go
    Foto: Bruno Calderaro

    Não é crime sonhar com um lugar que tenha como principio a paz e a organização, em que mesmo que seja caro, que pelo menos funcione, que você sinta-se bem em dar seu precioso dinheiro em algo que claramente você vê que funciona!!! Em um lugar onde não tenha violência e que Professores sejam mais valorizados que políticos e em que o amor não seja descriminado, que a religião não ensine nada além de amor. Ou seja, que ser feliz seja objetivo, seja acessível. Então, leve-me para o País das Maravilhas, talvez lá seja meu lugar...

    Take me to Wonderland, I don't belong here!

    Thank you!
    Reações: 
    |
    | |


  4. [Filme] Antes que termine o dia

    segunda-feira, 2 de março de 2015




    Título Original: If Only
    Diretor: Gil Junger
    Elenco: Jennifer Love Hewitt, Paul Nicholls
    Lançamento: 2005
    Duração: 1h32min
    Gênero: Romance
    Corações: ♥ ♥ ♥ ♥ 


    Resumo: Ian e Samantha são um casal comum, que pensam no futuro de suas carreiras e amam o que fazem, mesmo sendo coisas totalmente opostas. Mesmo os dois se amando somente Samantha costumava demonstrar bastante o sentimento, Ian preocupava-se mais com sua carreira e amigos. E em um dia em que absolutamente tudo deu errado, eles acabam vendo que os objetivos são diferentes e decidem por terminar (isso não é Spoiler), contudo, no final do dia um acidente faz com que tudo mude e no outro dia Ian tem mais uma chance de fazer as coisas darem certo.


    Minha opinião: É um filme bom e muito do mágico! Te faz pensar naquilo de nunca deixar para o outro dia a gentileza que você pode fazer hoje. E sempre mostrar e dizer a quem se ama o quão forte é o sentimento, porque a vida é bem curta e as vezes acontecem reviravoltas que nem se quer conseguimos mensurar. Esse filme mostra como amar loucamente alguém, e que quando se ama o mais profundo não são os seus gostos e o que combina entre vocês, o profundo é o que você guarda na alma e tem medo de dividir com o mundo e quando você consegue dividir com alguém, aí bum!!! O final me deixou de boca aberta e eu NUNCA PENSEI que acabaria daquela forma! 


     PS: Minha chefe que me emprestou também, e eu chorei mais litros que o Fireproof haha

    Thank you!
    Reações: 
    |
    | |