Rss Feed
  1. Tea Book

    sexta-feira, 28 de agosto de 2015




    20150228_161940


    Como eu disse, vou mostrar os chás que rodeiam minha vida e um pouco mais sobre tudo que há de maravilhoso na chalândia. Talvez para alguns, isso não interesse, porém interessa para mim e é o que importa nesse blog, risos. Acredite ou não, mas pode-se descobrir muitas coisas sobre chá que antes muita gente achava bobeira, não é a toa que eles existem antes mesmo de muita gente se dar conta de que café é o dono da parada, sendo que na verdade não é.

    20150228_160629Faz um tempo que eu comprei esse chá/livro, lembro-me bem que estava indo ao “Atende Fácil” de São Caetano para tirar um novo RG e passei naquelas lojas típicas que vendem tudo quanto é doce, entrei e fui atrás de um chá gelado, até aí tudo bem. Quando fui pagar o dito, avistei nas prateleiras depois do caixa umas caixas mega bonitas e bem trabalhadas e vi um livro, "Tea Book" era o nome. O coração acelerou na hora. Nada melhor que um livro de chá pra eu aprender tudo que eu tinha direito de aprender sobre chás e seus derivados (isso existe?), ainda mais em Inglês pra melhorar a coisa toda. Perguntei se estava a venda e quanto seria. O atendente (muito simpático por sinal), disse-me que por 40 dilmas eu levaria um daquele, levei. Mas tive um baita de um susto quando o vendedor disse que na verdade aquilo não era livro e sim chá, vindo do Siri Lanka. Nem preciso dizer que surtei né? Chá importado era tudo o que eu tinha pedido a Deus, entenda que não é chá em sache meus bens, é chá, chá! Chá de matinho (não nesse caso), é vida, é amor, é tudo! Naquele dia fui pulando para o trabalho, o resto dia foi maior perrengue, mas eu nem liguei, tinha meu chá de livro e estava feliz, pra que mais?

    20150228_160842Levei essa belezinha pra casa e só abri em um dia que a Jess foi dormir em casa, fizemos pipoca caramelada e ela tomou o chocolate dela enquanto eu fui de chá de mamão, sim isso mesmo é mamão minha gente, chá preto com mamão, cravo, canela, laranja, baunilha e muito amor! Muito bom, um tanto amargo mas acredito que o mamão quebre um pouco o amargor do chá preto. Quando eu abri a caixa, dentro havia um pacote grande, e o chá estava nele, tudo muito bonito, tanto o livro quanto o saquinho em si. Coisa bonita, bem trabalhada, deu dó de abrir, mas a vontade de provar era maior, e não tive escolha. Para o meu prazer, descobri recentemente que a Basilur tem uma coleção desse livro, este que eu estou mostrando hoje é o Volume 2, o Volume 1 é de amêndoa torrada, o que deve com certeza ser uma delícia, o Volume 3 é de Melão, maracujá, framboesa, morango, groselha, baunilha e creme, tudo isso junto e misturado, o Volume 4 é chá preto normal. Vai até o Volume 5, que acredito ser a "edição" de Natal que é de baunilha, limão, laranja e amêndoa, cada livro tem um tema, não sei dizer quais os temas dos outros, mas é uma ideia fantástica! A Basilur tem outros livros edição "conto de fadas" mas que não são dessa linha! Eu simplesmente me apaixonei, e ofereci ao Little B e ele amou :D
     

    Ingredientes: 100% Puro Ceilão chá preto, mamão Natural, calêndula natural, girassol e cártamo. E sabores: laranja, canela, cravo e baunilha.

    20150228_161040


    Reações: 
    |
    | |


  2. Diário de Leitura #2

    quinta-feira, 20 de agosto de 2015

    E lá vamos nós a mais um diário de leitura, confesso que estou realmente gostando muito disso. Acabo prestando mais atenção nos detalhes, nas diferenças livro vs filme, está sendo uma experiência bem divertida. Ah, já declaro que é capaz de conter alguns Spoilers...


    hp3

    Minha leitura com o Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban foi bem tranquila e mais rápida do que eu imaginava que fosse, entenda que não tenho pressa nenhuma pra terminar a saga, eu simplesmente quero curtir o máximo que eu posso, em estar na companhia do pessoal de Hogwarts. O que decididamente valeu muito no terceiro livro da saga foi a aparição de Rony, sério, eu sou apaixonada por ele desde que eu tinha sete anos de idade, entenda, tem mais dele do meu passado do que a mim mesma. E eu pensei que ele não aparecesse tanto nesse, pensei que seu foco fosse mais no segundo (que nem foi tanto na verdade), mas não, para minha felicidade ele apareceu muito *-*
    A briga dele e de Hermione desde que ela compra o Bichento é completamente mágica, sério, chega a ser linda, risos. Não que eu goste de vê-los brigar, jamais, é que eles brigavam por tão pouco que era evidente que eles estavam na época que os sentimentos já estavam aflorando. Eles brigam pelo Bichento, brigam pela Firebolt, de novo pelo bichento, por uma possível pirraça de Hermione, e por fim pelo sumiço de Perebas. Os dois sabem que um magoou o outro, mas não voltam atrás em nada, e com a Hermione mais atolada do que nunca com muitos deveres e coisas pra estudar por ter pegado todas as matérias, a gente vê o verdadeiro desespero. Eu nunca vi uma Hermione mais sem paciência e esgotada como nesse livro, ela finalmente percebe que tem um limite, e que é impossível ser ótima em tudo, principalmente quando se trata de Adivinhação. E o Harry, digamos que eu percebi ele bem estourado nesse livro, um Harry um tanto quanto chatinho, mas a gente entende que ele está entrando na adolescência com muita informação. 

    Assisti o filme depois que terminei e infelizmente me decepcionei muito, sério, tudo bem que nunca teremos um filme 100% fiel ao livro, mas eu esperava mais. Principalmente porque uma coisa que me incomodou bastante foi a Firebolt aparecer só no final,  como assim senhor diretor ? Sério mesmo, ela aparece no meio do livro e é praticamente um sacrilégio pro Harry ficar com ela, e porque não mostrar a Grifinória ganhando a Taça de Quadribol??? Momentos lindos... E aquele aperto de mão do Rony e da Hermione que nunca existiu? Porque deixar de lado o abraço desengonçado mas TOTALMENTE sincero dos dois depois de se reconciliarem..? E o Snape? Por que no filme ele tem que ser todo rígido? Devia ter mostrado ele soltando a franga no final, morrendo de raiva porque Sirius escapara... Sem contar, que eu tive vontade de socar loucamente o Snape o LIVRO TODO. Sem mensionar aquela parte que as cabeças não permitem que eles entrem no Três Vassouras, me perdoe, mas ele entram sim, e o Harry só vai de capa da invisibilidade na 3ª visita a Hogsmead. Então sim, eu esperava mais do filme, mas ainda gosto dele.

    :3 now

    Já comecei a ler Harry Potter e o Cálice de Fogo e tá bem legal, quero analisar bem a parte da Copa Mundial de Quadribol e todo o torneio Tribruxo, sem contar que estou ansiosa pro baile, mesmo que o Harry não tenha chegado até a Toca ainda, estou com expectativas boas para esse livro, o anterior me animou bastante. Também vou ler essa revista que comprei pra ajudar um pessoal da Facul de Letras, me apaixonei pela capa e está tratando de assuntos bem bacanas que abordam a gramática em geral e o uso da 3ª pessoa, Assim que for passando eu vou escrevendo mais. :D

    E vocês, o que tem lido?
    Reações: 
    |
    | |


  3. Bárbara Carrizo a ilustradora da alma ♥

    sexta-feira, 14 de agosto de 2015



    Chega a ser engraçado quando você encontra alguém tão brilhante que consegue passar tudo aquilo que você sente naquele momento em um desenho, alguém completamente incrível que emoldura sua alma dentro de um personagem que provavelmente quer representar a ela mesma, mas acaba por decifrar tantos outros corações e almas junto, talvez sem nem perceber. Essa quem eu vos apresento é a Bárbara Carrizo, uma adorável mulher que conheci pelo mero acaso e trouxe mais paz e compreensão pra minha vida.


    Bárbara é Designer de Estampas desde 2010, se formou em Têxtil e Moda pela USP, e desde então começou sua jornada pelo mundo dos desenhos para estampa. Desde muito pequena já gostava de pintar e desenhar loucamente, a criatividade tinha uma morada dentro dela, esta que não media esforços para mostrar no papel. Porém desde formada, focou em seu trabalho e somente em 2014 que ela voltou a desenhar livremente, e tomar gosto da coisa, e criou o Barbarelice.

    Fiz algumas perguntinhas para ela sobre a história dela com o desenho, confiram:



    O que te fez querer desenhar?
    Bárbara: Bom desde criança sempre gostei muito de desenhar e pintar, tanto que na época de prestar vestibular as minhas opções de cursos eram todos ligados à área criativa. O curioso é que durante a graduação eu parei de desenhar, desenhava muito pouco, e só algumas coisas relacionadas às disciplinas da faculdade. Mesmo já no mercado de trabalho atuando com criação de estampas o desenho livre e criativo foi deixado de lado também, pois o que faço é especifico pois atende uma demanda do mercado de moda de acordo com as tendências internacionais.

    Foi somente em meados de 2014 que voltei a desenhar livremente, a criar um desenho com uma linguagem e características próprias. E isso aconteceu em uma fase difícil e encontrei no desenho uma válvula de escape, mas deu tão certo e me fez tão bem que continuei criando desenhos mesmo já estando bem e feliz.

    Já fez algum curso? 
    Bárbara: Já fiz vários, Desenho de Observação, Aquarela, Ilustração Editorial... e pretendo fazer mais, é sempre super válido.

    O que sente quando desenha?
    Bárbara: Quando desenho entro em estado de "flow", é um momento único em que realmente estou no presente.

    O que te inspira?   
    Bárbara: Os sentimentos e emoções são o que mais me inspiram como tristeza, alegria, ansiedade, preguiça, felicidade, amor... Tudo que aflora em mim é passível de se transformar em um desenho.



    O que mais me encanta no trabalho dela é a simplicidade dos desenhos, e ao mesmo tempo a profundidade deles, Bárbara tem o dom de nos mostrar com apenas uma figura um trilhão de palavras que muitas das vezes não conseguimos expressar, em seus desenhos sempre encontro conforto, ou pelo menos a certeza que existe alguém que me entende nesse mundo e consegue expressar. Essa personagem dela sempre me comove muito, esses longos cabelos me encantam e o traço dela é único e absolutamente delicado e lindo ♥



    O bom é que seus familiares e amigos a apoiam muito com seus desenhos e por muitas das vezes a cobram mais e mais desenhos para serem apreciados. Ainda não tem um quadrinho pronto, mas está trabalhando em um projeto para deixar a barbaralice não só nos quadrinhos. Eu bem disse que ela encanta a todos, e além de muito criativa e uma excelente desenhista, Bárbara é uma excelente pessoa, muito simpática e doce. Tivemos a oportunidade de nos vermos apenas uma vez, mas foi muito boa. Não sei se já perceberam, mas os desenhos dela já apareceram algumas vezes aqui no blog, e só têm a tendência de aparecer mais e mais. Nós fizemos uma parceria, e ela vai fazer alguns desenhos para os posts, a ideia foi dela e eu super me apaixonei pela ideia, porque acredito de verdade que minha escrita e os desenhos dela combinam muito. Só tenho a agradecer a doçura e a atenção da Bárbara. Obrigada por ser essa pessoa linda ♥

    Quem quiser seguir a Bárbara e ficar por dentro das atualizações de seus desenhos, esses são os contatos dela:

    Facebook ♥ Instagram: @barbareliceBlog

    Contato para trabalho: carrizo.barbara@gmail.com


    Reações: 
    |
    | |